Adidas deixará de vestir o Milan após 19 temporadas (Crédito: Reprodução )

Após 19 anos de parceria com a Adidas, o Milan terá uma nova fornecedora de materiais esportivas a partir da próxima temporada. O clube italiano anunciou na manhã desta segunda-feira (12) um acerto com a Puma que passará a valer a partir de primeiro de julho. Só não informou o tempo de contrato e nem os valores envolvidos no negócio.

“Nosso novo parceiro representa uma grande marca, e vamos continuar juntos nas próximas temporadas em nosso caminho estratégico, buscando alcançar objetivos novos e extraordinários fora do campo”, disse o diretor executivo do clube, Marco Fassone.

Assim, o Milan se torna o primeiro clube parceiro da Puma, fornecedora da seleção italiana, na Séria A, e se junta a Borussia Dortmund e Arsenal no novo modelo de negócios da gigante alemã, que tenta ganhar espaço entre os gigantes europeus (quase todos patrocinados por Nike ou Adidas).

A imprensa italiana diz que o negócio deve render entre € 10 (R$ 40) e € 15 milhões (R$ 60 milhões) por temporada ao Milan, menos do que os € 20 milhões (R$ 80 milhões) que o clube embolsava com a Adidas.

Fonte: Com informações do Globoesporte.com